terça-feira, 20 de março de 2012

Justificativas de ENREDO - Grupo A

ACADEMIA DE SAMBA PRAIANA (10 / 10)
Carmem Amora: Brilhante desfile. A escola desenvolveu o tema com muito brilho e criatividade.
Marilene Trindade: A entidade realizou seu desfile com êxito e precisão, tornando seu conjunto “alas e carros” explorando criatividade, originalidade, num colorido muito bonito facilitando a compreensão do seu enredo. Assim, a idéia central do enredo atingiu seu objetivo. 10

IMPÉRIO DO SOL (10/ 9.9)

Carmem Amora: Desfile tecnicamente correto. As alas nos devidos lugares, facilitaram a leitura obedecendo o organograma.
Marilene Trindade: A entidade apresentou alas dentro do contexto do enredo, facilitando o entendimento com muita emoção e criatividade. O homenageado estava em grande estilo, garra, passando alegria e engrandecendo o enredo. Faltou originalidade: Poderia o homenageado atirar sapatos ao público assim como realiza no seu programa. 9,9

SAMBA PURO (9.8/ 10)
Carmem Amora: Desfile encantador dentro do tema ao qual se propôs, entretanto faltaram as últimas composições.
Marilene Trindade:  A entidade apresentou suas alas com criatividade, originalidade, empolgação enriquecendo seu tema enredo, explorando variedades de cores, a escola alcançou seu objetivo com graça e emoção.

IMPERATRIZ LEOPOLDENSE (9.8/ 10)

Carmem Amora: A entidade desfilou com um tema simples, mas foi acrescido pelo conjunto de outros quesitos, além de cumprir o organograma. Pecou apenas pela falta do tripé caldeirão, entre as alas 3 e 4.
Marilene Trindade: A entidade apresentou suas alas com criatividade, empolgação e originalidade vindo engrandecer seu enredo, explorando variedades de modelo, permanecendo a cor do tema em questão. Apesar da falta do caldeirão a escola conseguiu alcançar seu objetivo. 10

ACADÊMICOS DE NITEROI (8 / 9.7)

Carmem Amora: O tema proposto não teve conexão com o organograma. Então foi muito difícil avaliar o tema da escola, por excesso e falta de elementos que o compusessem. (08 – oito). Explicando: Apareceram elementos que nada tinham com o tema e os que o tema propôs não foram visualizados.
Marilene Trindade: A escola no início de seu desfile veio com falta de ala e carro alegórico, dificultando a proposta do enredo, a escola cresceu do meio para o fim c/ seu desfile apresentando alas com criatividade e originalidade e um colorido a completar a ilustração de seu enredo. 9,7

VILA MAPA (10 / 9.6)
Carmem Amora: A escola desenvolveu à risca o tema proposto para o desfile, obedecendo fielmente ao, (cronograma) digo, organograma.
Marilene Trindade:  A entidade apresentou alas com coloridos bonitos, porém com pouca expressão do enredo em si, ou em questão, não ficando muito bem salientado os tipos de olhos aqui mencionados “olho gordo, olho sedutor” enredo de fácil entendimento e de confuso visual. A escola não abusou da criatividade e originalidade. 9,6

REALEZA (8.5 / 9.5)
Carmem Amora: O tema ao qual a escola se propôs é simples e de muita cultura, entretanto no desenvolvimento do desfile não houve fidelidade na ordem do cronograma.
Marilene Trindade:  A entidade veio com faltas de algumas “alas e carro” (A Lenda do arco-íris, cabrochas, carro lua de mel) fundamentais para a leitura do enredo. Criatividade e originalidade pouco desenvolvida, tornando a proposta do enredo em questão de difícil entendimento. 9,5

2 comentários:

Alan Silva disse...

Em primeiro lugar, quero dizer que o que foge à normalidade é doentio ou desvio. Caso viesse aqui afirmar que tal ou qual jurado não leu o enredo ou qualquer outro aspecto do caderno de jurados estaria sendo ingênuo. Se a dona Marilene Trindade queria prejudicar o Império do Sol, tenham certeza, ela conseguiu. Desta vez foi ao dizer que o Mota não atirou sapatos no público. Não existia no enredo esse tipo de manifestação, pois ela simboliza o repúdio do Mota às más coisas, às bandidagens, e o povo do Porto Seco não é bandido. Bandido é quem inventa falsas justificativas para garfar e destruir o trabalho alheio, como ela o fez. Mas como diz o adágio popular: "AQUI SE FAZ, AQUI SE PAGA".

Unknown disse...

OS JURADOS DO CARNAVAL DO GRUPO DE ACESSO SÃO MUITO RUDIS E MAL EDUCADOS DENEGRINDO AS ESCOLAS DE SAMBA,OLHA SE UM JURADO DO GRUPO DE ESPECIAL IRIA DIZER "SAMBA RUIM" QUE FALASSE DE UMA FORMA MAIS EDUCADA,Adair Antunes: Trata-se de um samba bem ruim crescendo e cai no trecho.JURADOS PEGUEM MAIS LEVE COM O GRUPO DE ACESSO,SÃO ESCOLAS QUE ESTÃO TENTADO MELHORAR E VOCES SÓ DENIGREM!!!!