terça-feira, 20 de março de 2012

Justificativas de FANTASIA - Grupo A

ACADEMIA DE SAMBA PRAIANA (10 / 10)
Heloísa Romero: Atingiu os objetivos do quesito.
Paulo Filandro: A entidade por meio de suas fantasias, observei concepção e adequação ao enredo com muita criatividade, destacando-se pela distribuição de cores.

IMPÉRIO DO SOL (9.8/ 10)
Heloísa Romero: Os componentes da ala “TUPINIQUINS TUPINAMBÁS” estavam com as fantasias incompletas. Na ala “Ouro e Prata” alguns componentes estavam sem o adereço na mão
Paulo Filandro:  A Entidade em todos os setores no que refere-se ao Quesito Fantasia atendeu aos requisitos A Proposta do Enredo  

SAMBA PURO (9.9/ 9.9)
Heloísa Romero: Na ala “Funcionários da Carris vão a guerra”. Componentes com sapatos diversos
Paulo Filandro: Mesmo considerando o esforço da entidade em adequar suas fantasias ao enredo. Nos últimos setores. 

IMPERATRIZ LEOPOLDENSE (10 / 9.9)
Heloísa Romero: Atingiu os objetivos propostos pelo quesito.
Paulo Filandro: O Enredo em todas as alas foi contemplado. O vermelho predominou não exigindo variação de cores em virtude da proposta do enredo. Porém considero que a criatividade ficou limitada.

ACADÊMICOS DE NITEROI (9 / 9.4)

Heloísa Romero: Ausência de alas para ilustrar o enredo, prejudicando sua leitura através do quesito. Ala “Pimenta na Cultura Indígena” algumas fantasias estavam despencando. Fantasias incompletas, sem efeito e tonalidade.
Paulo Filandro:A Entidade apresentou por meio de suas fantasias o Enredo “Ardendo Que Nem Pimenta” de forma limitada. A falta de uma ala ou a inversão no desfile. Verificação no organograma prejudicou uma avaliação completa da proposta do enredo.

VILA MAPA (9.3 / 9.5)
Heloísa Romero: Na ala “Festa de Carnaval” algumas fantasias estavam despencando. Na ala “Lágrimas” algumas fantasias incompletas. Na ala “Espelho da Alma” sapatos de cores e modelos diversos. Na ala “Olho Gordo” sapatos de cores diferentes. Pouco efeito e concepção nas fantasias.  
Paulo Filandro: Acompanhando o organograma a Entidade apresentou em suas fantasias o enredo de forma simples sem muita criatividade ficando comprometido a distribuição de cores e um melhor impacto visual,
considerando o próprio enredo que abordou a visão, os olhares ficaram limitados a demasiada simplicidade.

REALEZA (9 / 9.2)
Heloísa Romero: Componentes da bateria com sapatos diversos. Fantasias mal confeccionadas, sem efeito e concepção. Ausência de alas que prejudicaram a leitura do enredo.
Paulo Filandro:  A Entidade dentro de suas possibilidades fez um grande esforço por meio de suas fantasias de tentar transmitir seu enredo mas ficou prejudicada com a falta de alas ou inversão no organograma, prejudicando a interpretação e avaliação completa de sua proposta. A exploração e distribuição de materiais e cores não causaram uma boa impressão.

Nenhum comentário: