segunda-feira, 25 de junho de 2012

Unidos do Guajuviras revela enredo para 2013


Escola encravada em uma comunidade que forjou-se a partir da luta do povo por um lugar ao qual chamar de seu, a Unidos do Guajuviras se inspira no líder que lutou para que os negros da África do Sul pudessem ser também os donos de sua terra.. É a partir dos ideais de Nelson Mandela, costurados aos próprios ideiais e realidade do bairro canoense, que a atual campeã do Grupo de Acesso de Porto Alegre define seu enredo para o Carnaval de 2013.

"Mandela: nas asas da Paz, o guerreiro da liberdade".

O desenvolvimento do tema está sendo executado por Jr Schall, integrante do departamento de Carnaval da carioca Unidos de Vila Isabel e carnavalesco da Dragões da Real, de São Paulo. Embora esteja estreando na Capital, por aqui seu trabalho é reconhecido em Uruguaiana, onde já esteve por quatro carnavais em escolas como Bambas da Alegria (leia aqui).

— Dada a dimensão do assunto, nos prendemos na força dos itens liberdade, paz e rompimento de fronteiras (fisicas ou não). Convocamos os que buscam sem cessar a paz. Aqueles que, sem descanso, levam a liberdade a romper qualquer fronteira imposta. Pela retina da folia, mágica e infinita, convocamos todos a darem as mãos, unidos por um mesmo ideal, buscando inspiração em um homem que fez de sua ideologia a de muitos, e que fez de sua vida a maior das lutas — explica Schall.

Seu trabalho integrará o de uma comissão formada também pelo carnavalesco Kiko, que nos últimos anos estava nos Embaixadores do Ritmo, e o artista plástico e escultor Estevão Rodrigues, o Cabeludo.

E compositores, atenção: em breve a escola divulgará a sinopse do enredo e lançará o festival que escolherá seu samba para o próximo Carnaval. 

4 comentários:

Ulisses Duarte disse...

Parabéns pelas contratações Guajuviras.
Mando um abração aos amigos Schall, Estevão e Kiko, de muitos carnavais em Porto Alegre, Uruguaiana e Alegrete.

Anônimo disse...

Gaujuviras,vc estão indo muiito bem com a contratação,unica reclamação foi a troca do passista Jair pelo Marcinho,mas nen td e como todos querem.Ainda ha tempo de olhar e trocar,tem outros tanto do grupo de acesso como grupo intermediario que podem explodir junto a passista.Mas otimo enredo a ser trabalhado.Sucesso e sorte na avenida.Abraços

Patricia soares disse...

Mandela??? a Restinga ja fez um carnaval da africa que se tratava de mandela no carnaval de 2011. Aí gente vamos inovar por isso que algumas escolas não saem do grupo que estão tema parecido????

Marilia Souza disse...

Escolas precisam inovar e público precisa aprender a compreender.

A restinga nao falou do Mandela, falou da áfrica do sul, cuja história não pode ser dissociada de alguma menção a mandela.

O enredo da Guajuviras, como lemos na sinopse, não é sobre o Mandela. São sobre os ideais que o moveram e que inspiram também a comunidade guajuvirense. Ideais que não tem endereço. IDEAIS! um beijo