quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Coluna: Protegidos apostando em novos talentos


Apesar de alguns componentes ausentes devido às festas de fim de ano, a Protegidos da Princesa Isabel realizou seu ensaio show no último domingo, dia 23 de dezembro, com muita garra e empolgação. A agremiação de Novo Hamburgo aposta em muitas estreias no seu primeiro escalão e, assim, oportuniza espaços a novos talentos.


As estreias começam pelo presidente, que, durante muito tempo foi diretor de Carnaval da escola. Afastado do Carnaval desde 2007, ele retornou para gestão de três anos à frente da entidade.

O tema da escola escrito pelo diretor de Carnaval Luis Fernando Lima é: “Nem sorte nem azar, 2013 é 13! Protegidos na Cabeça!” que fala sobre a mística e curiosidades que envolvem o número 13.

Logo no inicio da apresentação, uma música toda especial é entoada pela harmonia para a entrada do 1º casal de mestre-sala e porta-bandeira, Choco Pereira e Cíntia Machado. A dupla recém-formada mostra o resultado de muitos ensaios, apresentando um bailado bem coreografado, um “casamento” que visivelmente deu certo.



O primeiro passista, Lucas Barbosa, apesar da pouca idade, deixa claro sua competência. No ensaio, dançou ao lado da musa Vitória Flores, que no evento substituiu Kelly, também estreante no primeiro posto da Protegidos. A tricolor conta ainda com mais dois casais de passistas: Thallison e Gabriela (2º casal) e Beto e Frã (3º casal).



À frente da bateria, a madrinha e eterna rainha do Carnaval Carina da Rosa, que esbanja sensualidade junto aos ritmistas da recém-batizada “Bateria do Brás”, que tem como Mestre Jean Marcelo, neto do saudoso Sebastião Flores.

No palco, o microfone número 1 retorna às mãos que o carregaram no ano de 2005. Anderson Luis, intérprete da escola, brincou junto com a parte da harmonia que se fazia presente, mostrando estar à vontade e “em casa”! O talento e profissionalismo do canário da Protegidos é notório e tem visível aprovação da comunidade.

O BATIZADO DO MESTRE-SALA


Encerrando a noite era hora do esperado batizado do mestre-sala Choco Pereira. Um lindo texto foi lido pela voz oficial do carnaval da cidade, Lauro Evaniro, que contava a história do beija-flor e que fazia agradecimentos a todas as porta-bandeiras, presidentes e entidades por quais ele passou, desde a época em que Choco era bailarino da Comissão de Frente de Bambas da Orgia. Por falar em CFBO, eles também estavam presentes, prestigiando o amigo e confirmando presença como guardiões do casal na avenida. 

Os padrinhos foram chamados: Gustavo Tiriri, Mestre Nilton e o carnavalesco Laerte Myra. No entanto, uma surpresa: este colunista que vos escreve foi chamado também (com muita honra) para juntar-se aos padrinhos do mestre-sala. O brinde foi feito, e o banho de champanhe coroou a cerimônia, que encerrou com chave de ouro o ensaio da agremiação. A Protegidos da Princesa Isabel é a última escola a desfilar no Domingo de carnaval.

2 comentários:

Carlos Silva disse...

Esse dito "giro nas quadras" não sai da quadra da Protegidos, todo dia tem matéria da Protegidos, só porque a mesma pessoa que escreve a coluna é diretor de carnaval da mesma? Quanto protecionismo, ta na hora de diversificar esse tal de giro que não sai de novo hamburgo e são leopoldo, ta ficando chato já essa puxaçao de saco exagerada na Protegidos, nada contra a entidade, mas e as outras que estao sendo esquecidas?

Israel Ávila disse...

Caro Carlos Silva. Acredito que faltou um pouco de atenção sua as notícias ou mesmo um pouco de atenção até ao próprio Blog, uma vez que eu, Israel, não sou diretor de carnaval da Protegidos, tão pouco faço parte deste entidade. Quem ocupa este cargo é Luis Fernando Lima. Outro sim informo que a série "Giro nas Quadras" já esteve na União da Vila do IAPI, no Império da Zona Norte, na Imperatriz Leopoldense, na Vila Isabel e no Imperadores do Samba, e segue onde, certamente até o fim do carnaval visitarei todas as quadras dos 3 grupos de Porto Alegre. Mesmo assim obrigado pelo comentário. Visite mais o nosso blog e assim, enxergue TODAS as matérias.

Grato.
Israel Ávila