terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Giro das quadras - União da Vila do IAPI




Dois colaboradores do Baticumbum estiveram ontem na quadra da União da Vila do IAPI acompanhando o ensaio show, que teve presença do Império da Zona Norte. Além de mim, que fui à escola para escrever para minha Giro das Quadras, também esteve lá a fotógrafa Cíntia Rodrigues, que compartilha conosco, na galeria acima, algumas das imagens clicadas por ela.



A União das vilas...
Do IAPI e Cabo Verde! 


Se os Deuses e orixás que habitavam as Ilhas de Cabo Verde estivessem presentes nos ensaios da União da Vila do IAPI, estariam satisfeitos e honrados com a homenagem que a escola faz. O que vi ontem, dia 10 de dezembro, é o que costumeiramente se vê naquela quadra: um lindo show do triângulo que compõe um ensaio de carnaval: harmonia, bateria e grupo show.

A convidada Império da Zona Norte abriu a noite, apresentada por Odir Ferreira, voz oficial do carnaval de Porto Alegre. Depois, veio União da Vila do IAPI.

Para começar sua apresentação, a Bateria 3D do Mestre Boneco fez um esquenta costumeiro para o povo que aguardava o show poder sambar e se divertir.

No palco, a harmonia Sensação da Vila armada, com o microfone numero 1 nas mãos de Renan Ludwig, que encanta com a rouquidão de sua voz marcante. É hora do show entrar! 

Quatro estandartes giram, um seguido do outro, quando o samba de exaltação da escola começa a ser entoado. A guardiã do primeiro, Cristiane Pereira, vem seguida por Jaque, Luana e a mirim Iasmim.

À frente da bateria, estiveram duas beldades: a rainha de bateria Vivian Trindade e a rainha da escola, Paola, que representa a entidade no próximo dia 15 de dezembro no concurso que elegerá a Corte do Carnaval de Porto Alegre para 2013.

Os passistas marcaram com a beleza de suas entradas coreografadas. O primeiro casal, Giovani e Thays, bailou e sambou com a sensualidade costumeira, respingando o chão de poesia junto ao segundo casal, Di Trindade e Helen.

Cheio de pavilhões a girar, o show da Vila apresentou ainda quatro casais de mestre-sala e porta bandeira, todos ricamente vestidos e que, mesmo com o pouco espaço, deram seu recado em graça, riscados, giros e cortejos.

Duas alas de mulatas integram o show da Vila, onde cerca de 30 meninas mostram seu samba no pé. O giro das Baianas não pode faltar! Como se abençoassem o chão da quadra, a ala contorna o espaço a arena como se abençoasse o lugar.


Uma pausa com todos os destaques é feita e o centro da quadra é liberado. Renan canta o alusivo ao samba de 2013, enquanto Suelene e Tiriri, primeiro casal de MS e PB, tomam conta do espaço. Não sei se de fato é possível transmitir emoção através de um texto, mas, o que se pode dizer, é que o casal reafirma a cada apresentação que a conquista do Estandarte de Ouro 2012 foi mais do que merecido... Enquanto a bela porta-bandeira leva gracejos e carinho a cada companheiro de grupo, o galante mestre sala corteja sua parceira com carinho e o respeito que merece.

Quanto mais visito a escola do presidente Jorge Sodré, do diretor Turco e do Carnavalesco Sérgio Guerra, mais entendo a frase escrita por todos os cantos da quadra: “Vila Por Amor...”. É assim que os componentes se mostram, se apresentam e se tratam, com amor! 

3 comentários:

Waldemar Neto disse...

É de arrepiar!!!! Da-lhe vila!!! Avante!!!

Anônimo disse...

Um Baita Samba Pena q a Escola Não Canta esse Samba Lindo !!!

Anônimo disse...

CONCORDOOO SAMBA LINDOO E REALMETE A ESCOLA NAO CANTAA PRINCIPALMENTE BATERIAAA!!