sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Como vai ficar a avenida para os desfiles de 2013

Imagens cedidas pelo engenheiro Valdinei Nascimento/Divulgação PMPA

A iluminação foi uma das vedetes do projeto estrutural apresentado na última quarta-feira pela prefeitura de Porto Alegre e pela coordenação das Manifestações Populares para os desilfes do Carnaval 2013 no Porto Seco.

Iluminação e transmissão HD
Triplicada no ano passado, a iluminação da avenida foi reorganizada e vai ganhar ainda mais reforço. A área de concentração, que contava com apenas uma torre de refletores, desta vez terá 12. No total, em todo o trajeto, serão 26 torres, com cinco refletores cada uma.

A mudança, além de agradar a quem estiver na avenida, enriquece a qualidade das imagens para o televisionamento. No Carnaval de 2013, a RBS TV fará pela primeira vez a transmissão totalmente em alta definição (HD). Quatro geradores garantirão que não falte luz no Complexo.

Centro de Hospitalidade

Uma das maiores novidades do ano passado, o HC (sigla em inglês) será duplicado em seu segundo ano de existência. O Centro de Hospitalidade, que é um camarote coberto, continuará localizado próximo à concentração. Desta vez, porém, serão construídos dois, um de cada lado da avenida, com capacidade para 350 pessoas em cada um. Os espaços serão destinados a convidados e personalidades.


 
Alimentação e Butekão do Samba
Outra novidade do ano passado, o Butekão do Samba (que substituiu o antigo camarote-bar) continua localizado ao lado da Praça de Alimentação, em uma área isolada das arquibancadas. No local, grupos de pagode e samba se alternarão durantes as noites de desfile. A capacidade será de 3 mil pessoas. Já a praça de alimentação suportará 5 mil pessoas. Ambos os espaços terão sanitários. Ao longo da avenida, haverá 13 quiosques de alimentação atrás das arquibancadas e camarotes.


 
Assistência médica
Uma das novidades apresentadas na última quarta-feira se refere ao plantão da equipe médica, que ganhará três desfibriladores para atender possíveis casos de parada cardíaca. Como a medida já prevê uma preparação para a Copa do Mundo, caso não haja nenhuma ocorrência, haverá uma simulação para testar o atendimento.

Setorização
Não é novidade, mas é importante repetir como funciona a setorização implementada no ano passado para evitar excesso de concentração em alguns pontos. Do lado esquerdo da avenida estarão os setor ímpares e do lado direito estarão os pares. Cada local contará com quiosques de alimentação e sanitários.


Camarotes, frisas e arquibancadas
Conforme o engenheiro da avenida, Valdinei Nascimento, a área das frisas, dos camarotes e das arquibancadas foram ampliadas para que o público tenha mais conforto.



Acessos
O número de catracas de acesso aumentou de 27 para 31. Haverá quatro cancelas veiculares. Todas as formas de ingresso (ticket de arquibancada, pulseiras para convidados dos camarotes e credenciais de imprensa e convidados ou funcionários do evento) terão monitoramento para que seja medida a capacidade de público em cada local via computador.

Os números da avenida
* A pista de desfiles tem 341 metros. A largura total é 16 metros, sendo 12 metros de área de desfile
* Cada setor de arquibancadas tem 12 degraus, com capacidade total para 9,7 mil pessoas.
* Haverá o total de 38,1 mil ingressos, 2.130 credenciais, 22.330 pulseiras e 1,7 mil credenciais de veículos.

Um comentário:

Anônimo disse...

NÃ EXISTE NADA LÁ, VAMOS VOLTAR PARAO CENTRO!!!

JOÃO