sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Justitificativas de SAMBA - Grupo de Acesso

ACADÊMICOS DA ORGIA (10 / 10) 
Joelci Nascimento — Samba completo na proposta com o tema.
Adair Antunes — A nota máxima premia um excelente samba, todo para cima, muito vem elaborado, fazendo com que toda a escola cantasse com empolgação. Letra e música em todo o samba tem métrica perfeita.

REALEZA (9.9 / 10) 

Joelci Nascimento —OBS: Um grande rei surgiu **então**. Fica muito rápida a pronúncia, dificultando a compreensão.
Adair Antunes — A música enredo se propôs a conduzir de forma melodiosa o seu conteúdo, passando de tonalidade maior para tonalidade menor (no verso “um grande rei”) de maneira harmoniosa e correta. Só poderia ser nota dez.

COPACABANA (10 / 10)
Joelci Nascimento —Samba casado – tema, letra e música.
Adair Antunes — O poder de síntese. Os compositores em dois refores e dois versos cantaram e contaram com rara inspiração todo o tema, com fidelidade. Letra e música se encaixaram com perfeição.

UNIÃO DA TINGA (9.7 / 9.8) 
Joelci Nascimento — Samba que não empolgou, faltando adaptação à melodia, mesmo que a letra esteja adaptada ao enredo.
Adair Antunes — Trata-se de um bom samba, onde a letra é bem superior à música. Pois tem partes em que tem mais letra do que melodia, como na frase “drenando eu vou levando...” ou “E o vento! Ah o vento levou...”Este é o motivo da perda de dois décimos.

OS FILHOS DA CANDINHA (9.8 / 9.8)
Joelci Nascimento — Letra com refrão (cuidado galera, ela está descontrolada...), mas na parte (por volta dos anos 70. Uma mistura virou sensação...) ela se perde na melodia.
Adair Antunes — O samba tem um nível interessante, com algumas dificuldades como na ponte “... a minha vó tá maluca...”. A, perde um pouco da qualidade rítmica. O refrão “cuidado galera...” está parecido com outros refrões já existentes.

UNIDOS DO CAPÃO (10 / 10)
 Joelci Nascimento —Letra do samba com correta identificação com o enredo.
Adair Antunes — Um samba de excelente nível, que ficou um pouco comprometido pela empolgação fora de métrica e de afinação do puxador. As outras notas salvaram a nota máxima de uma obra musical feita com esmero e competência.

APITO DE OURO (10 / 10) 
Joelci Nascimento —Tal qual o enredo é o samba.
Adair Antunes — “É festa, é Carnaval, vem pra cá”. O samba enredo tem uma frase que tratara a alegria e a comunicação do trabalho da Apito de Ouro. A comunicação é constante e contagiantes e, como diz a letra, “é combinação perfeita". E nota dez.

Nenhum comentário: