quarta-feira, 6 de março de 2013

Novas conquistas no bailado do Padedê do Samba

Por Israel Avila

Pelo título, até poderíamos estar falando da quantidade de alunos do Padedê do Samba que brilharam na avenida no Carnaval de 2013. Mas o post é para informar que o núcleo gaúcho da escola carioca de mestre-sala e porta-bandeira agora é registrado e tem seu Padedê agora tem CNPJ e reconhecimento como Associação Beneficente.

Ou seja, quando as aulas recomeçarem, todos serão alunos de uma entidade registrada junto ao governo, com imposto de renda declarado, com saldo positivo, sem dívidas, com nome empresarial de Escola de Mestre-Sala, Porta-Bandeira e Porta-Estandarte do Rio Grande do Sul - Padedê do Samba... Enfim, uma entidade legalizada.

— Penso que é um grande passo registrar-se. É como dizer 'viemos para ficar, o trabalho é sério'. Estou muito orgulhosa de equipe de instrutores e diretores, de nossos alunos e familiares, de conhecer pessoas boas e generosas que tanto nos têm auxiliado na continuidade e fortalecimento do Padedê!! Só posso dizer muito obrigada. E lembrar também o apoio da advogada Carmen Lopes e do contador Régis, do coordenador das Manifestações Populares, Joaquim Lucena, ao coordenador do gabinete do Movimento Negro, Clóvis André, que conseguiram, inclusive dar um apoio ao patrono Manoel Dionisio, que teve perdas no Rio, retribuindo o tanto que ele fez pelo Carnaval do RS fundando a escola gaúcha — declara a presidente Simone Ribeiro.

As aulas do Padedê do Samba estão previstas para reiniciarem no dia 13 de abril. Em breve, serão divulgadas as informações sobre as inscrições. Lembrando que, agora, patrocínios e apoios podem ser deduzidos do imposto de renda.

2 comentários:

Anônimo disse...

bom dia

gostaria muito de frequentar, mas que fosse num local mais centralizado e com horários alternativos.obrigado.

João

Josy Ribeiro disse...

Parabéns pela conquista.... vcs merecem...bjus..