quinta-feira, 27 de junho de 2013

Muito prazer, nossa bateria se chama...


A mudança no nome da bateria da Unidos do Capão (leia aqui), lembrou um debate que ocorreu ainda nos tempos de Samblog. Embora seja comum o "apelido" do grupo de ritmistas se manter ligado às escolas, uma mudança de direção também pode levar a um "rebatismo" por uma série de motivos.

O fato é que os nomes das baterias, mais do que apelidos, são marcas de cada grupo. Portanto, repetimos a ideia do post publicado no Samblog e listamos, abaixo, os nomes com os quais as baterias são conhecidas atualmente.

Confira e ajude a corrigir eventuais falhas ou faltas! A lista está em ordem alfabética, independentemente da divisão em que está cada escola.


Academia de Samba Praiana – Bateria dos Monstros
Academia de Samba Puro – A Mafiosa
Acadêmicos da Orgia – Pegada do Mestre Cy
Acadêmicos de Gravataí – Pegada da Onça
Acadêmicos de Niterói – Espetacular 
Apito de Ouro - Fúria da Fênix
Bambas da Orgia – Trovão Azul
Copacabana – Bateria dos Bacanas
Embaixadores do Ritmo – A Guerreira
Escola de Samba da Glória — ? 
Estado Maior da Restinga – Tingueirreira
Imperadores do Samba – Sinfônica
Imperatriz Dona Leopoldina – Laranja Mecânica
Imperatriz Leopoldense — Firmeza do Vale
Império da Zona Norte – Pulsação de Leão
Império do Sol - Furacão do Vale

Os Filhos da Candinha – Falcões Dourados
Protegidos da Princesa Isabel – Bateria do Brais
Realeza – Bateria 1002
União da Vila do IAPI – Coração da Vila
Unidos da Vila Mapa – Garra de Escorpião
Unidos de Vila Isabel – A Furiosa
Unidos do Capão — Fúria do Tigre
Unidos do Guajuviras – Catalã

2 comentários:

Altemir Cezar Alves disse...

Bobagem esse negócio de apelidar as baterias!

Juninho do Porto disse...

Da Realeza, creio que seja 1002... E a da Vila do IAPI, creio eu, tenha passado a se chamar Bateria 3D