terça-feira, 30 de julho de 2013

Baticumbum Vale do Sinos, por Marco Bica


A voz e o enredo da campeã de NH
Foto: Rosângela Santos

É como diz aquele ditado: time que está ganhando... Pois a atual campeã do Carnaval de Novo Hamburgo, Império da São Jorge, renovou contrato com o intérprete Renan Ludwig para 2014.

A verde e rosa também lançou seu tema: “Você pode, o carnaval pode, nós podemos. A São Jorge canta oito jeitos para mudar o mundo!” Espie aqui a sinopse

*  *  *
 
Em outra entidade, outro Renan vai soltar a voz em 2014. Aos 17 anos, Renan SN será novamente o intérprete da banda mirim Talento Da Terra do Sapato, de Novo Hamburgo.

Apesar de ser bastante jovem, o currículo do também compositor não fica devendo! Sua estreia profissional ao microfone foi na Império da São Jorge, onde Renan Ludwig lhe deu uma das primeira oportunidades de mostrar seu trabalho. Na Imperatriz Leopoldense, contou também com o apoio de Césinha para conquistas oportunidades. Passou ainda pela Anastácia, de São Leopoldo, e pela Unidos do Pinheiro, de Taquara, e Portela do Sul, de Novo Hamburgo.

Banda Mirim no desfile de 2013, com Jean (da Protegidos) como mestre de bateria

A Banda Mirim: O projeto do qual Renan SN participa busca unir as escolas de Novo Hamburgo, através da junção dos jovens talentos. Desde 2004, a escola mirim abre os desfiles oficiais da cidade. Promovida pela Associação, é composta por crianças, adolescentes e funcionários da prefeitura municipal. O enredo para 2014 ainda não foi anunciado, mas em breve vem novidade!

Aproveito e parabeniza esse jovem carnavalesco pelo forma carinho e afetiva com que atua no segmento Carnaval! Sucesso!
 *  *  *

Cristiane Vaz rodopia até Novo Hamburgo

Porta-estandarte que o Porto Seco tem o encanto de ver bailar durante os desfiles da Imperatriz Leopoldense, Tiane Vaz também tem presença confirmada no Carnaval de Novo Hamburgo.

Ela teve seu contrato renovado pela Portela do Sul e vai para seu segundo Carnaval consecutivo com a agremiação.

Sua estreia na avenida na Gladiadores da Feitoria, de São Leopoldo, em 1995. Ficou lá cinco anos, até ir para a Leopoldense, em 2000. Ficou seis anos, até 2006, quando passou a conduzir ainda o pavilhão da Protegidos da Princesa Isabel, até 2008. Em 2009, esteve na Império da São Jorge em NH e na Acadêmicos da Rio Branco em SL. Em 2010, voltou para a Imperatriz Leopoldense, onde também renovou para 2014.

*  *  *
Deu samba na São Leopoldo Fest


Corte da SLF com a MISS Beleza Turismo e o boneco Wini
Estive dando uma espiadinha no evento que comemorou os 189 anos da colonização alemã no Brasil, realizada em São Leopoldo, berço da imigração. As atrações eram diversas.

Bom, como sou do samba e do Carnaval, fui no sábado, dia 27, ver apresentação de bandas de pagode regional, finalizando com o grupo de pagode SOS, e a nossa querida Imperatriz Leopoldense, que realizou um lindo show (espie ali em cima o vídeo compartilhado pelo intérprete Marcynho Ferraz). 

Fico com a expectativa de que, em 2014, quando se comemora 190 anos da imigração alemã no país, São Leopoldo possa realizar uma festa grandiosa e competente, pois essa edição 2013 foi muito tímida, talvez um pouco desorganizada e sem nenhum atração nacional.

Aliás, os capilés, como os habitantes da cidade são chamados, merecem um evento, sim, que resgate a colonização alemã, mas que também conte a verdadeira história nem sempre lembrada, de que índios e os negros também contribuíram para a região do Vale do Rio dos Sinos.

Nenhum comentário: