sábado, 6 de julho de 2013

O Carnaval em cada canto do Estado!

Você já ouviu falar em hiperlocalismo? Tem sido uma tendência mundial de comunicação que recupera o jornalismo de antigamente, se ocupando de questões paroquiais, importantes para uma determinada comunidade. Ou seja, é quando a cobertura tenta representar e é voltada a um grupo de leitores que têm em comum uma proximidade geográfica.

O Baticumbum, por exemplo, é hiperlocal, assim como era o Samblog, pois foca na cobertura do Carnaval de Porto Alegre (embora sempre tenhamos pincelado algo sobre Rio, Uruguaiana e Canoas, na maioria das vezes). Pois é justamente daquela época, dos tempos de Samblog, um desejo que eu e a Thais Silveira alimentamos de formar uma rede de colaboradores que se espalhasse pelo Estado para compartilhar as notícias do Carnaval de suas regiões. Com o Baticumbum, ficou ainda maior a vontade de colocar esse projeto em prática e inserir, dentro do blog, canais hiperlocais com notícias de cada região. É o todo valorizando cada um, de maneira organizada.

Mas, cada passo pode ser dado de uma vez, e mapear o Estado para buscar, em cada local, um colaborador que tenha vontade e perfil, demanda um tempo que nunca tive e a ideia ficou para depois... Até que um novo colaborador fez brotar novamente a ideia de dar esse primeiro passo como coluna. 


Rei Momo de Sapucaia do Sul há 10 carnavais e ex-coordenador de Carnaval de São Leopoldo, Marco Bica se propôs a trazer aos leitores as notícias de "sua terra", o Vale do Sinos. Ainda não teremos os canais hiperlocais como idealizados, mas, sim, colunas (nem tão) hiperlocais. Bica falará dos carnavais de Estância Velha, Esteio, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Sapucaia e Sapiranga.

Já lá da fronteiriça campanha ocidental, teremos o compositor e jornalista especializado em Carnaval Gláucio Guterres, do site Samba Sul, colaborando com informações da região de Uruguaiana.


E você é envolvido ou apaixonado por comunicação e gostaria de colaborar com notícias de sua região? O convite está feito às ligas e associações, às prefeituras, aos jornalistas e aspirantes, aos carnavalescos e simpatizantes. O requisito? Ter acesso ou buscar a informação e se expressar bem.

Nenhum comentário: