terça-feira, 10 de setembro de 2013

Baticumbum Vale do Sinos: Enredo e majestades



O enredo da Estação Primeira de São Léo para 2014

Está definido o tema com que a Estação Primeira de São Léo promete perfumar a avenida no próximo Carnaval. Atual campeã do Grupo de Acesso de São Leopoldo, a escola apresentará o enredo "Carnaval em Flor", de autoria de Édy Dutra, que vai para seu sexto ano trabalhando com a agremiação pela qual já conquistou três estandartes de ouro de melhor tema-enredo.

Apesar dos 23 anos, aliás, Édy vai completar dez anos de experiência com o Carnaval. Sua estreia, na verdade, foi no Caranval Virtual da Liesv (Liga Independente das Escolas de Samba Virtuais), com a fundação da Mocidade Leopoldense, única entidade gaúcha no projeto. Profissionalmente, no entanto, estreou em 2008, escrevendo o enredo da União da Vila.

Mas voltando ao tema da Estação, a sinopse ainda não foi divulgada, mas você pode conferir o texto
de apresentação do tema, fornecido pela escola. CLIQUE AQUI.

*  *  * 
A tríplice coroa de Di Trindade

Lembra que falamos aqui sobre os padrinhos de bateria (leia aqui e aqui)? Mas nós temos também um rei muso. É Di Trindade, que ostenta três postos! Ele é Rei do Samba do RS 2013, Rei da bateria da Aldeanos do Samba, de Cachoeira do Sul, e Muso da Estação Primeira de São Lei, posto que manterá no Carnaval de 2014.

Sua trajetória com o samba começou na ala de passistas de Bambas da Orgia, em 2010. No Carnaval seguinte, foi também passista da Império do Sol, de São Leopoldo, e da Nossas Raízes, de Canoas. Em 2012, conquistou seu primeiro estandarte de ouro, então como passista da Deixa Falar, de Alvorada, pela qual dançava paralelamente.

Pelo Interior, passou ainda por agremiações como Imperatriz da Zona Norte (Cruz Alta), Acadêmicos do Chalaça (Passo Fundo). Atualmente, é segundo passista da União da Vila do IAPI, do Grupo Especial de Porto Alegre. 
* * *

E já que a coluna hoje está cheia de homenagens, vou falar também do querido George Louzada, diretor, coordenador e coreógrafo de ala de passistas da Mocidade Independente de Padre Miguel, da Estrelinha da Mocidade e da Unidos de Bangu, do Rio de Janeiro. 

Gente, este menino tem muito samba no pé, e tem demonstrado muito talento da Sapucaí e tem lutado muito pelo samba. Não é a toa que é o mais jovem diretor de ala de passistas do Carnaval Carioca.

— Tem gente que quer acabar com a escuridão do mundo, mas não tem coragem de levantar nem para acender a luz de casa! — reflete George.

Passista show da Mocidade, Louzada passou também por comissões de frente da Unidos de Padre Miguel e da Estrelinha. Em 2010 e 2011, venceu o troféu Corujito de melhor passista mirim. Também em 2010, foi indicado ao Prêmio Estrela do Carnaval, como melhor passista masculino. E é também o segundo colocado do concurso Mutalo do Gois 2009, do jornal O Globo.

Nesse Carnaval, foi vencedor ainda do Troféu Pandeiro de Ouro, como melhor passista da Estrelinha da Mocidade e em melhor comunicação com o público. É, ainda, o Melhor Destaque de Chão Masculino do Carnaval carioca.

Já dançou também além das fronteiras do Rio, com passagens por São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia. Fora do país, esteve na Argentina, na Bolívia e no Chile. 

Um comentário:

Anônimo disse...

OBRIGADO PELA POSTAGEM MARCO BICA. EM BREVE A DIVULGAÇÃO MAIS DETALHADA DO NOSSO TEMA-ENREDO. APROVEITO PARA AGRADECER AO NOSSO TEMISTA E CARNAVALESCO EDY DUTRA !! ABRAÇÃO !! ROBERTO PINHEIRO - Presidente SRC Estação Primeira de São Léo