terça-feira, 17 de setembro de 2013

O samba dos Imperadores para 2014



Com sua quadra tomada pelo público e pelas torcidas, a escola mais popular do Carnaval de Porto Alegre escolheu seu samba para o Carnaval de 2014.

Disputando com outros cinco sambas, a obra de autoria de Andy Lee, Victor Nascimento e Roberto Nascimento foi a grande campeã da final do Festival de Samba-Enredo de Imperadores do Samba.

— Com uma grande torcida, o samba contagiou até o final do espetáculo. Parabéns a todos os compositores pelo belíssimo festival! — declarou Carol Rodrigues, assessora de imprensa da escola.

Para os compositores, a vitória é um bicampeonato, já que o trio assinou também a obra dos Imperadores neste ano, depois de sagrar-se o melhor do festival de 2013.

A gravação do áudio oficial de divulgação, na voz do intérprete Vinícius Machado, será realizada no próximo sábado, junto com a gravação de um clip. Quem quiser, pode participar do coro. As únicas exigências são que que saiba cantar o samba e que vista uma camisa da escola de qualquer ano. O serviço é: 17h, na Rua Veríssimo Rosa, 393, no Partenon.

Abaixo, confira o clipe de divulgação gravado para o festival. Para fazer o download do samba, clique aqui.


VEM MEU POVO CANTAR SOU IMPERADOR
O CLAMOR DO MAR VERMELHO INFLAMA
PRA VER OS PERSONAGENS DESTE CRONISTA SEM IGUAL
VERÍSSIMO É O NOSSO CARNAVAL
Sonhando viu traçado o seu destino
Querubins anunciaram uma viagem
Em nova morada o tempo passou
Sobre as asas de um anjo o menino libriano chegou
Seu berço foi a capital
Dos sonhos da infância para o mundo despertar
Na terra do “Tio Sam” com a família foi morar
Aluno nos Estates se formou
Cenário americano que fascina
Deslumbrante show, jazz encantador
Ao som do sax lindas melodias
Luís Fernando se apaixonou
APLAUDE ELE AÍ
HOMENAGEM ACEITA, AÍ SIM! OLHA ELE ALI
NO COMPASSO DOS TAMBORINS
CRIADOR E CRIATURAS NUM DESFILE MULTICOR
NA CADÊNCIA DA SINFÔNICA MOSTRANDO SEU VALOR
Lindaura foi buscar o Analista de Bagé
Pra resolver o causo da Velhinha de Taubaté
Ed Mort viu nas cartas de Dorinha
Que as Cobras quem diria fazem parte da Família
De um simples “patentino”, condecorado se faz
Textos publicados em revistas e jornais
Seus traços inspirando decoração
Vermelho e branco também é sua paixão
Sou Fiél Resistência de corpo e alma na passarela
Sambando pra contar a sua história
Rugindo no encontro de culturas
Exaltando um gênio da nossa literatura

4 comentários:

MARA VIEIRA disse...

com ese samba so vai ter 10,10,10 minha escola do coraçao

MARA VIEIRA disse...

com esse samba so vai ter 10.10.10. minha escola do coraçao

MARA VIEIRA disse...

com esse samba so vai ter 10.10.10. minha escola do coraçao

Andriws disse...

A imperadores do samba por tradição sempre irá desfilar disputando TÍTULO!!!