segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Vila Isabel já tem três sambas finalistas


A primeira rodada de eliminatórias do Festival de Samba-Enredo da Unidos de Vila Isabel encerrou neste domingo com metade das obras apresentadas classificadas para a final do dia 15 de setembro.

Diante de uma quadra lotada, seis parcerias subiram ao palco para apresentar suas obras contando a história das roupas.

Classificados:
 > Samba 01: Rafael Tubino, Gustavinho Oliveira, Thiago Meiners, Willian Tadeu, Leo do Paysa, Victor Alves e PC da Cesta
> Samba 04:
Zeca Oliveira, Leanndrinho LV, Marcelo Demétrio, Mamau Castro e Juninho do Porto
> Samba 09:
Arilson Trindade, Ciganerey, Claudinho e Juliano Centen

No próximo domingo, dia 8 de setembro, outros seis sambas participam da segunda eliminatória do Festival e completam o rol de finalistas.

CLIQUE AQUI PARA OUVIR OS 12 INSCRITOS

O evento será realizado na quadra da agremiação, em Viamão, a partir das 18h, com o Buteko da Vila, e a partir das 20h com os apresentações do Festival.

Confira a ordem de apresentações da rodada seguinte:

8 de setembro, segunda eliminatória
- Samba 03: Serginho Aguiar, Leandro Almeida, Diego Nascimento e Dodô Ananias
- Samba 05: Cláudio Ventura, Mauro Sorriso e Gusthavo Oliveira
- Samba 07:
Sharon Lampert, Kuka, Luciano Magalhães e Xannd SY
- Samba 11: Fabão, Leozinho Nunes, Vinicius Souza, Jailson Barbosa e Zezinho Professor
- Samba 10: Davis Maciel , Leandro Moreira , Junior Paixão e Clint Jefferson
- Samba 02: Alexandre Belo e Bruno Martins

3 comentários:

Alex da Vila disse...

Fala sério, essas pessoas que comentaram simplesmente nao estavam na quadra domingo passado pois o samba 04 atropelou os outros com uma apresentaçao arrebatadora, é esse o samba parabens aos compositores acertaram em cheio!

Alex da Vila disse...

E o mais legal que sao anonimos plantando comentarios, sou da comunidade nao queremos samba de carioca, alo vila nao se engane o samba pra gente arrebentar é o 4

João da Vila disse...

Entre assinar como anônimo e botar qualquer coisa da Vila, dá na mesma. Pra mim, o que importa é a qualidade do samba e o melhor disparado está na cara qual é. Ficar buscando outros fatores pra tentar melar o trabalho alheio é subterfúgio de quem não teve competência pra fazer melhor.