segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Embaixadores do Ritmo pontua problemas no som



* Por Rosângela Santos

Sempre uma das protagonistas da Muamba no que diz respeito ao propósito do ensaio, Embaixadores do Ritmo aproveitou para realmente usar sua apresentação em busca de ajustes técnicos no som. O presidente Girozinho parou o desfile para cobrar melhor equalização e retorno para a bateria, ora atrasado, ora inaudível.

Gilson, diretor de harmonia, espera que até a próxima semana a qualidade do som na avenida esteja melhor para encaixar a evolução.

Foto: Marcos Pereira






A escola do Grupo Especial acabou estourando o tempo, mas transportou o Porto Seco para uma encantadora viagem pelos trilhos da Maria Fumaça, com muitas alas, muita coreografia e apuro na vestimenta de destaques que cruzaram a avenida dentro do tema.
Foto: Luciano Lanes, PMPA




Uma das grandes recentes revelações da vermelho e branco, o jovem casal de mestre-sala e porta-bandeira, Robson e Natielle, disseram estar 100% para o desfile:

- Conseguimos executar o trabalho, apesar da insegurança! – contam, pedindo à escola que cante mais para dar força ao casal.

Entre os pontos altos , merece destaque a ala coreografada do escola de dança Via Ativa, de Bento Gonçalves. Aliás, falando em destaque, reverências para o competente Mestre Joubert , que comandou uma parada vibrante da bateria. 

Nenhum comentário: