segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Imperatriz Dona Leopoldina e a força de sua comunidade


* Por Gisele Mendonça

Sétima escola a se apresentar, a Imperatriz Dona Leopoldina marchou firme no Porto Seco durante seu ensaio rumo ao desfile em que homenageará a história da Coluna Prestes. Numerosa, a escola apresentou diversas alas e organização.

Mas o destaque ficou mesmo com os destaques! Renan Ludwig, sempre iluminado na avenida, empolgou ao cantar o samba com primor e ao interagir com o público de frisas, camarotes e arquibancadas. O trabalho foi harmônico com o perfeito andamento da coreografada e firme Laranja Mecânica




O casal de mestre-sala e porta-bandeira, Giza e Marcelinho, brilhou em seu retorno à laranja e preto. Com a leveza do seu lúdico visual camuflado, desfilaram com toda a desenvoltura e entrosamento que lhe são peculiares.

Honras também para Juciane Afrausino, pela estreia como presidente na avenida. Ex-porta-estandarte, a dirigente manteve a tradição de trazer seu pavilhão na dianteira da pista, com Jacqueline bailando logo atrás da comissão de frente. E a presidenta saiu satisfeita:

- A Imperatriz veio para o Porto Seco justamente para fazer um ensaio, e foi isso que fizemos. Estados cientes de que temos ajustes para fazer nessa reta final, mas sábado voltaremos com tudo. No geral, gostei da Imperatriz - declarou Juciane.

Nenhum comentário: