terça-feira, 4 de março de 2014

As campeãs do Carnaval de Porto Alegre


Entre surpresas e apostas certeiras, uma apuração acirrada determinou na tarde de terça-feira os campeões do Carnaval 2014 de Porto Alegre.

A apuração teve início por volta das 13h30min, com a abertura das notas de Tribos. Em seguida, foram lidas as notas do Grupo de Acesso, seguidas pelas notas do Grupo Intermediário A. Depois de um intervalo, começou o anúncio das pontuações do Grupo Especial, por volta das 16h30min.

Confira aqui as planilhas de apuração.

Um título com muito significado para Imperadores

Por apenas um décimo de vantagem, a vermelho e branco se sagrou campeã do Carnaval 2014 de Porto Alegre ao cantar uma homenagem ao escritor Luis Fernando Verissimo. O título vem coroar um ano de obstáculos para a escola, que teve de abrir mão de parte de sua quadra devido às obras da Copa e que cruzou a avenida sem seu mestre de bateria, Brinco.

 - Foi um título conquistado em meio a dificuldade. E foi conquistado depois de pelo menos três carnavais frustrados. Nossa vitória foi conquistada com superação e dedicada ao Mestre Brinco - declarou o presidente Amorim.

Depois da decisão do Carnaval, Imperadores tem outra decisão pela frente. Em abril, haverá eleição.

As duas últimas colocadas, Imperatriz Leopoldense e Samba Puro, caem para o Grupo A. 

De novo, vitória da Copacabana

Uma estreia para ficar na memória de toda a comunidade do bairro Bom Jesus. Campeã do Acesso no ano passado, a Copacabana chegou ao Grupo A mostrando que não brinca nem dentro e nem fora da avenida.

Já no terceiro quesito a ser lido, de evolução, a escola abriu vantagem em relação a Unidos do Capão e Praiana. Depois de cantar a Portela na avenida, em 2015 terá o desafio de desfilar entre as grandes do Carnaval de Porto Alegre.

Duas últimas classificadas da categoria, Protegidos da Princesa Isabel e Acadêmicos de Niteroi sofreram descenso para o Grupo de Acesso.

Realeza: a última ficou em primeiro! 

Com notas máximas em três quesitos e poucos descontos em quase todos os demais (confira aqui a planilha), a última escola do Grupo de Acesso a cruzar o Porto Seco conquistou o título da categoria e devolveu o orgulho à comunidade da Encruzilhada do Samba.

A direção do presidente Cândido Norberto, que no Carnaval passado reassumiu a escola em um momento de crise, atestou a competência de sua gestão e mostrou na avenida o resultado do comprometimento. É como diz o enredo: "quem tem padrinho, não morre pagão".

Em 2015, a Realeza desfilará no Grupo Intermediário A. Já Os Filhos da Candinha, última colocada, foi desclassificada e no ano que vem desfilará como convidada.


Comanches é bi

Depois de enfileirar mais de uma década de títulos consecutivos e ver sua hegemonia quebrada no Carnaval de 2012, a tribo Os Comanches mostra que pretende repetir o feito. Campeã de 2013, manteve o título em 2014 ao vencer a tribo Os Guaianazes pela diferença de 1,4 pontos.

Nenhum comentário: