Os campeões do Carnaval de Porto Alegre

1956 | Bambas da Orgia — Festa na China
1957 | Bambas da Orgia Festa nas Arábias
1958 | Bambas da Orgia O Mundo de Mandrake
1959 Bambas da Orgia Salve o Carnaval
1960 Bambas da Orgia As Quatro estações
1961 | Academia de Samba Praiana Coroação de Dom Pedro II
1962 | Trevo de Ouro Revista Musical
1963 Trevo de Ouro Toureiro Espanhol
1964 | Academia de Samba Praiana My Fair Lady
1965 | Academia de Samba Praiana Oferenda a Iemanjá
1966 | Trevo de OuroTrevo de Ouro canta Zumbi
1967 | Imperadores do Samba —  My Fair Samba
1968 Imperadores do Samba Uma Festa no México
1969 | Imperadores do Samba Epopéia dos Bandeirantes
1970 | Academia de Samba Praiana Conceição da Praia
1971 | Acadêmicos da Orgia Branca de Neve e os sete anões
1972Acadêmicos da Orgia Lendas do Brasileiras
1973 | Fidalgos e Aristocratas Carnaval do Gelo
1974 Bambas da Orgia O Esplendor da Broadway
1975 | Imperadores do Samba Apoteose histórica do mundo literário de Monteiro Lobato
1976 | Academia de Samba Praiana Janaína e a Festa de Reis
1977 Bambas da Orgia Deslumbramento azul e branco em tempo de Portela
1978 Acadêmicos da Orgia Festa no Gantois
1979 Bambas da Orgia Era negro o céu de Palmares, pois seus deuses eram da África
1980 | Bambas da Orgia Magia e esplendor de quatro décadas de glória: 40 anos de sambas
1981 | Imperadores do Samba Noite de criança, bailando os raios de prata
1982 | Império da Zona Norte Contatos Imediatos de Terceiro Grau
1983 | Bambas da OrgiaPouco importa o quanto importa, o importante é sambar
1984 | Bambas da Orgia Pra falar de Brasil
1985 | Bambas da Orgia Viagem ao mundo das ilusões
1986 Bambas da Orgia Alô, alô, Taí os Bambas Revivendo Carmem Miranda
1987 | Estado Maior da Restinga Fantástica Odisséia do Samba no Mundo Mágico do Sistema Solar
1988 | Imperadores do Samba Das glórias do gramado, apoteose de alegria, um rei entre os Imperadores
1989 | Bambas da Orgia Sai debaixo, que nesse saco tem gato
1990 | Imperadores do Samba Moitará
1991 | Estado Maior da Restinga África, raízes negras na terra do samba
1992 | Estado Maior da Restinga Lendário e fascinante mar , misterioso mar
1993 | Imperadores do Samba Lupi, podes entrar que a casa é tua
1994 | Estado Maior da Restinga África - 300 anos de Zumbi dos Palmares
1995 | Imperadores do Samba O fantástico mundo de Monteiro Lobato
1996 | Imperadores do Samba  Perfume, um banho de cheiro
1997 | Imperadores do Samba Imperadores Século XXI.
1998 |Bambas da Orgia  O Barão das Catas Altas, senhor das Minas Gerais
       | Imperadores do Samba Brasil, mostra a tua cara
1999 | Estado Maior da Restinga O bailado dos cisnes nas asas da imaginação
2000 | Imperadores do Samba São Borja, o primeiro dos sete povos
2001 | Imperadores do Samba Zamzibar, a ilha das especiarias
2002 | Bambas da Orgia  Bambas abre o baralho, dá as cartas e banca o jogo
2003 | Bambas da Orgia No caminho um bola, dentro da bola o sonho azul de um Grêmio vencedor
2004 Bambas da Orgia Do mar se faz poesia
2004 Imperadores do Samba Imperadores pergunta: OGM, verdade ou mentira?
2005 | Estado Maior da Restinga O enigma de todos os tempos. EMR pergunta: Que mistério é esse?
2006 | Estado Maior da Restinga Hoje a Restinga se encanta e faz a festa com você: 75 anos Viva a OAB
2007 Bambas da Orgia Taj-Mahal: Uma linda história de amor
2008 | Império da Zona Norte Da África à Zona Norte, sim senhor. Esta é a história do samba!
2009 Imperadores do Samba 150 Anos de Glórias. Vermelho e Branco, Uma Só Paixão
2010 | Imperatriz Dona Leopoldina Beth Carvalho. A Madrinha do Samba da Leopoldina
2011 | Estado Maior da RestingaA Restinga Multiracial Celebra a África de Mandela na Festa do Carnaval

3 comentários:

Mel imperatriz Dna Leopoldina disse...

So bem mais Imperatriz

Anônimo disse...

Pena que 2002 nao foi merecido pro Bambas... ;/ Deveria ter sido da Vila Isabel, todos sabem disto... Até mesmo o Estevão que abaixou a cabeça quando viu que nao ganhou o Estandarte de Ouro... SALVE A VILA ISABEL!!!

Rodrigo Lopes disse...

Sou Leopoldina, mas em 2010 era pra ser Tinga, desfile extramamente competente e digno de campeonato, plásticamente o melhor...mas o desfila da Imperatriz foi mais vibrante,harmonia 10, conjunto nem se fala! saudações Leopoldinense!